ONDE IR
Onde ir em Novo Hamburgo – Solar da Marquesa

FavoriteLoadingAdicione essa receita/dica ao seu livro de receitas

Escrever esse post me faz ter um orgulho enorme da minha cidade e dos empreendedores que estão transformando Novo Hamburgo. O Solar da Marquesa me lembra muito a atmosfera da Teakettle, uma deliciosa casa de chás que conhecemos em São Paulo e que rendeu post aqui no Pilotando.

Lugares como esses, que nos transportam a tempos menos corridos, cheios de  detalhes que encantam os olhos e claro, o paladar, precisam ser compartilhados e divulgados entre os amigos.

Solar da Marquesa

Fomos ao Solar da Marquesa com a família completa, era sábado a tarde, friozinho e nublado, e eu não sei dizer quem ficou mais encantado ao avistar a pequena vitrine de doces da casa. Brigadeiros lindos e de vários sabores e tortinhas tipo mini naked cakes, nos deixaram com água na boca.

Solar da Marquesa - Brigadeiro da Marquesa

Nós pedimos os doces, tortinhas para nós e brigadeiro para nossa pequena formiga que logo pediu mais um. Para acompanhar, um chazinho delicioso mais do que perfeito, e um atendimento simpático e atencioso apesar da correria do dia pois ocorria um evento paralelo no jardim da casa.

Solar da Marquesa - torta

O cardápio é bem interessante, além dos doces e famosos brigadeiros da marquesa, ficamos muito curiosos pelas várias opções salgadas, incluindo pratos para um jantar ou happy hour. Aí mais um ponto positivo para eles, que oferecem opções gostosas e saudáveis no cardápio kids. Adoramos e em breve vamos conferir!

Nota dez para o ambiente, nota dez para os doces que experimentamos, fica agora a vontade de voltar, conferir o jardim e as opções salgadas.

Solar da Marquesa - fachada

Recomendamos a visita e desejamos sucesso ao Solar!

Abraço

Alessandra


 

Para saber mais:

Facebook: https://www.facebook.com/solarmarquesa?fref=ts


Acompanhe o site pelas redes sociais: facebook googleplus twitter instagram

☆ ☆ ☆
Se você gostou desse post compartilhe! Espalhe coisas boas!


Eu não me interessava pela cozinha até os 30 anos, achava tudo complicado e difícil de fazer. Mas quando descobri que isso podia ser diferente, me apaixonei por culinária.

Sem comentários até agora!
Comente