LIGHT
Macarrão com couve-flor crocante

FavoriteLoadingAdicione essa receita/dica ao seu livro de receitas

Essa é uma ótima opção para o dia a dia, uma refeição completa, saudável e leve. Para quem é vegetariano, o uso do queijo e do leite é opcional, podendo haver a troca por leite de coco, amêndoas, ou outro conforme o paladar.

Aqui em casa todo mundo gostou muito e já surgiram outras ideias para variações. Usar berinjela e abobrinha refogadas no lugar dos cogumelos. Trocar a couve-flor por brócolis, enfim, estão todos sempre dispostos a novas experiências e invencionices na cozinha. Sorte minha!

Ingredientes:
  • 1/4 de couve-flor separada em buquês pequenos;
  • 200 g de macarrão; (pode usar integral);
  • 2 colheres de sopa de manteiga ou azeite;
  • 200 g de cogumelos paris fatiados;
  • 2 colheres de sopa rasas de farinha de trigo;
  • 300 ml de leite desnatado;
  • 50 g de queijo reino ralado;
  • 2 colheres de sopa de farinha de rosca;
  • sal a gosto;
  • noz moscada  ralada na hora a gosto;
Modo de Preparo:

Preaqueça o forno em temperatura bem alta, uns 230 graus.

Lave bem a couve-flor e cozinhe em água fervente por uns 5 minutos. Escorra, tempere com um pouquinho de sal e deixe reservado.

Cozinhe o macarrão em água fervente, com um pouco de sal, até ficar “al dente” veja o tempo necessário para o tipo de macarrão escolhido, na embalagem. Normalmente uns 8 a 10 minutos. Escorra e reserve.

Derreta a manteiga ou aqueça o azeite numa frigideira e refogue os cogumelos até que fiquem macios e mudem de cor. Junte a farinha de trigo e misture até que comece a dourar. Aos poucos adicione o leite e misture até formar um creme mais encorpado.  Tempere com sal e noz moscada a gosto.

Misture a couve-flor, ao macarrão e ao creme com os cogumelos.

Transfira para um refratário, ou forma que possa ir ao forno. Precisa ser grande o suficiente para que a massa forme uma camada fina.

Misture a farinha de rosca e o queijo e polvilhe sobre a massa.

Leve ao forno até dourar.

Sirva em seguida.

Rendimento: 3 a 4 porções

Fonte: Livro Segunda sem Carne

Espero que gostem.

Abraço

Alessandra


Acompanhe o site também pelas redes sociais: facebook googleplus twitter instagram


Gostou dessa receita/dica, quer dar alguma opinião, sugestão, ou enviar uma receita? Deixe um comentário aí abaixo, ou mande um e-mail pra mim: contato@pilotandoumfogao.com.br


 

 

☆ ☆ ☆
Se você gostou desse post compartilhe! Espalhe coisas boas!


Eu não me interessava pela cozinha até os 30 anos, achava tudo complicado e difícil de fazer. Mas quando descobri que isso podia ser diferente, me apaixonei por culinária.

1 Comentários
Flavia

3 de setembro de 2016 19:13 Responder

Ótima ideia. Vou mudar alguns ingredientes (com o que tenho em casa) e fazer hoje… Acho que não tem erro…

Comente