DICAS P/ INICIANTES NA COZINHA
Edamame! Você conhece?

FavoriteLoadingAdicione essa receita/dica ao seu livro de receitas

Meu primeiro contato com o edamame foi num restaurante japonês. Logo que sentamos chegou um prato com lindas vagens verdinhas e uma espécie de manual para o consumo. Fiquei um tanto nervosa com o tal “manual para consumo”, mas minha curiosidade foi maior e provei a tal “ervilha” de nome estranho.

Comi uma, comi duas, três, e cada vez ia gostando mais. Então fiquei ainda mais curiosa e perguntei onde conseguia o tal edamame. A resposta foi desanimadora, segundo eles, na época, ele só era vendido em São Paulo.

O tempo passou, e eu encontrei no mercado aqui da minha cidade na área de congelados. Se tem aqui, é sinal que você encontra em muitas partes do Brasil. Se ainda não tem, não desanima porque ele vai chegar até você.

Como consegui comprar, resolvi mostrar pra vocês  como preparar, e mesmo não sendo minha área, compartilhar aqui algumas das vantagens e razões para você consumir o edamame.

Pra começar, você sabe o que é?

Bom, edamame é a soja verde. Isso mesmo! Soja verde!  Mas nem adianta fazer cara feia e desistir do post. Eu detesto soja e garanto pra vocês que o edamame não lembra em nada o sabor da soja. Ele parece uma ervilha, maior, mais crocante e com sabor delicioso.

Como você encontra no mercado?

Eu encontrei o edamame na parte de vegetais congelados, e consegui comprá-lo ainda nas vagens, e também em grãos.

Como preparar o edamame?

Os dois tipos tem o mesmo preparo, você precisa colocar água numa panela para ferver e quando levantar a fervura deve colocar o edamame ainda congelado na água. A diferença está no tempo de preparo, se for o grão, apenas 3 minutos na água fervente são suficientes. Se for a vagem, você precisa deixar 5 minutos na água.  Passado o tempo, escorra e tempere com um pouco de sal. Se tiver flor de sal, fica ainda mais gostoso.

Como servir?

Você pode fazer patês para servir com torradinhas, pode servir com saladas, mas minha preferência é como petisco mesmo. Um potinho com as vagens, ou os grãos temperados com sal e um pouco de pimenta, caso seja do seu gosto. O difícil mesmo é parar de comer…

Por que consumir?

Agora vou copiar trechos de sites onde nutricionistas falam sobre as vantagens do edamomo na alimentação. O link de cada um está junto ao texto.

…”O Edamame reduz o mau colesterol (LDL) e eleva o bom (HDL). O produto é rico em proteínas (13%), contém reduzido teor de óleo (5,7%) e gordura hidrogenada, além de apresentar teores razoáveis de minerais, fósforo (158 m/100 g), cálcio (78 mg/100 g), vitaminas B1 (0,4 mg/100 g) e B2 (0,17 mg/100 g). Possui ainda isoflavonas, que são compostos bioativos benéficos para a saúde humana – as Isoflavonas são consideradas um hormônio natural semelhante ao estrógeno. O Edamame tem vitamina C e pró-vitamina A. Seu teor de açúcares é relativamente baixo comparado com outros feijões. É uma boa fonte de fibra e possui alto poder de saciedade.

O Edamame é um produto vindo diretamente do Oriente, extraído de um grão especial da soja que pertence à família das leguminosas, assim como a ervilha, a lentilha e o feijão. De acordo com a agência nacional de saúde dos Estados Unidos (FDA), o consumo de 25 gramas de proteína de soja por dia, como parte de uma alimentação com baixa gordura saturada e colesterol, pode reduzir o risco de doenças cardíacas. Produto não é transgênico.” Fonte: Kalena Foods


“Além dos benefícios da soja comum, o edamame possui mais compostos bioativos, que são eficazes no tratamento alternativo para sintomas da menopausa. O alimento é rico em fibras, vitaminas A, B e C, minerais como cálcio, fósforo e potássio, além de saponinas e ácido fítico.

 Pouco calórico, o alimento é excelente para quem precisa de energia para exercícios físicos e busca o emagrecimento. É indicado para melhorar a saúde da visão, estabilizar o sistema nervoso, aumentar a defesa do corpo, regular o intestino e melhorar a absorção do ferro, zinco, magnésio e cálcio. Além disso, ajuda a combater a retenção de líquidos eliminando inchaços, previne tumores, aterosclerose, problemas cardíacos e reduz o colesterol ruim e a pressão arterial.” Fonte: Benefícios Naturais

Espero que gostem e provem esta delícia.

Abraço
Alessandra

Acompanhe o site também pelas redes sociais: facebook googleplus twitter instagram


Gostou dessa receita, quer dar alguma opinião, sugestão ou enviar uma receita? Deixe um comentário aí abaixo, ou mande um e-mail pra mim: contato@pilotandoumfogao.com.br


☆ ☆ ☆
Se você gostou desse post compartilhe! Espalhe coisas boas!


Eu não me interessava pela cozinha até os 30 anos, achava tudo complicado e difícil de fazer. Mas quando descobri que isso podia ser diferente, me apaixonei por culinária.

3 Comentários
dulce guilherme rocha

20 de outubro de 2016 10:23 Responder

gostaria de receber receitas e dicas

    Alessandra

    21 de outubro de 2016 13:12 Responder

    Dulce!

    O livro de receitas é virtual, você se registra no blog e escolhe as receitas que mais gosta para que elas fiquem no “seu livro de receitas”. Assim quando você quer ver uma receita, basta entrar no seu livro e acessar.

    Beijos

    Alessandra

    21 de outubro de 2016 13:12 Responder

    Dulce!

    O livro de receitas é virtual, você se registra no blog e escolhe as receitas que mais gosta para que elas fiquem no “seu livro de receitas”. Assim quando você quer ver uma receita, basta entrar no seu livro e acessar.

    Beijos

Comente