ACOMPANHAMENTOS
Molho de tomates caseiro

FavoriteLoadingAdicione essa receita/dica ao seu livro de receitas

Na semana passada recebi da minha sogra, um presente que acabou se transformando neste post. Tomates italianos, direto da horta do Biso. Isto mesmo, o avô do meu marido mantém há anos, uma horta ao lado de casa, uma verdadeira obra de arte aos olhos de quem ama cozinhar. E detalhe, ele tem 95 anos!

Alguns já estavam maduros, outros chegaram verdinhos como aparecem aí na imagem. Aguardei amadurecerem e foram todos para a panela. Todos não, sobraram os da foto kkkk

molho-de-tomates-caseiro-1

Bom, todo mundo tem um jeito diferente de fazer molhos de tomates, a maioria coloca cebola e alho, alguns retiram as sementes, tem gente que bate no liquidificador. Enfim, como marido não gosta de cebola, eu resolvi não usar nem a cebola, nem o alho. Também optei por usar apenas ervas frescas que tinha em casa, manjericão da minha horta, e louro da casa da sogra.  Os temperos que precisar, vou adicionar depois de acordo com a receita que fizer.

Ingredientes:
  • 12 tomates italianos, maduros e sem a pele;
  • 2 ramos grandes de manjericão;
  • 1 folha de louro;
Modo de Preparo:

Retire a pele dos tomates e pique grosseiramente. Se você quiser saber como retirar a pele dos tomates, basta clicar <<AQUI>> e ver o post que fiz sobre isso.

Coloque os tomates e as ervas numa panela grande e deixe cozinhar em fogo bem baixinho por mais ou menos 1 hora.

Depois é só aguardar esfriar e guardar em vidros na geladeira até a hora de usar. Se você quiser, pode bater no liquidificador.

Rendimento: aproximadamente 400 g de molho.

Abraço

Alessandra


Acompanhe o site também pelas redes sociais: facebook googleplus twitter instagram


Gostou dessa receita, quer dar alguma opinião, sugestão ou enviar uma receita? Deixe um comentário aí abaixo, ou mande um e-mail pra mim: contato@pilotandoumfogao.com.br


 

☆ ☆ ☆
Se você gostou desse post compartilhe! Espalhe coisas boas!


Eu não me interessava pela cozinha até os 30 anos, achava tudo complicado e difícil de fazer. Mas quando descobri que isso podia ser diferente, me apaixonei por culinária.

Sem comentários até agora!
Comente